segunda-feira, 4 de maio de 2009

Experiência com macacos

Vídeo que mostra o quanto somos movidos pela forma de agir dos outros, sem que nos perguntemos se aquilo é realmente certo ou simplesmente algo que, emborra errôneo, foi passado adiante com sucesso. De geração a geração gerando a nossa mecanização.

“É bem mais o costume e o exemplo que nos persuadem do que qualquer conhecimento certo”
Descartes

3 comentários:

Mutante disse...

Genial o vídeo. Mostra exatamente que são movidos pela força do hábito, ninguém questiona nada. Apenas faz porque é de praxe, porque a sociedade implica isso.
Eu ainda não cheguei a ver Clube da Luta (ok, eu sou um Herege) e nem o Gattaca, mas vou procurar vê-los.

Encerro com um pensamento de um dos homens mais sábios que já existiram no planeta (minha opinião)

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque esta escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e viva-o." [Buddha]

-----------------------------------

Um abraço e parabéns pelo blog!

Mr.Kenobi disse...

Brilhante este vídeo, em muitos casos nós agimos exatamente assim. Guiados pelo senso comum, deixamos que nossa capacidade crítica se perca.
Em relação à Bertrand Russel, não há nem o que comentar, é um dos meus filósofos favoritos também. Além de ser um poço de racionalidade, sempre usou sua capacidade em defesa da vida, criticando tudo que afrontasse a essência humana.

Geyme disse...

Simples e educativo, uma analogia facilmente explicativa do comportamento humano com seus ancestrais primitivos. Quando achamos que sabemos bastante, paramos de pensar, agimos por impulsos, instintos, de acordo com o "gado" (e onde a boiada vai, o boi vai atrás)! Esse é meu público... O nosso! Colocaram macacos no vídeo, mas se tivessem colocado homens, o resultado seria exatamente igual!!!