segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Passos e pensamentos


Era um indivíduo um tanto excêntrico, vinha retornando para casa após um dia comum, ou seja, fastidioso, voltava sozinho, sem pessoas, sem música, acompanhado apenas por ele próprio e seus pensamentos, que nessas horas são os melhores acompanhantes. Notou a noite, as pessoas em frente à televisão em lares quentes e os postes a cujas luzes já tinha sido ordenado que se acendessem. Pensou acerca da relatividade do tempo, pois se apercebeu do quanto estava custando para chegar em casa, porque é notório que caminhamos mais rápido quando andamos sozinhos, pensou ele, entretanto uma boa companhia é capaz de enganar o tempo ou a nossa percepção acerca do mesmo. Rememorou o quanto um minuto pareceu uma eternidade enquanto segurava uma panela escaldante, assim como uma eternidade denotou não durar mais que um minuto quando estava ao lado de uma garota adorável. Sim, o tempo é relativo. Em outro assunto que pensava bastante quando vinha em altos diálogos mudos consigo mesmo era nos conceitos de bom e ruim. Via o bem como o difícil de se alcançar, como um bom emprego, uma garota distinta, a capacidade de tirar novos sons de sua guitarra, e o ruim como o simples de se obter, por exemplo, ser exonerado de seu trabalho; era pura questão de negligenciá-lo, ou de findar um namoro, algo tão simples fazer alguém deixar de gostar da gente, difícil mesmo é conquistar, assim como abandonar a música e julgá-la inalcançável é tão, tão fácil. Pronto. Chegou em casa e notou que não foi de todo infrutífera sua caminhada pelas ruas pouco iluminadas, agradeceu pela companhia, destrancou a porta e adentrou.

62 comentários:

Silvio Peters disse...

Você escreve muito bem hein! Parabéns pelo texto, pela intelectualidade e pelo blog.

wild disse...

Muitos parabéns pelo texto e pela imagem mistica!

Abel disse...

interessante, sua escrita é feita de uma forma peculiar, porém, bela.
parabéns ....

Inho disse...

Texto bem escrito sem erros de português, parabéns pelo blog

Net Esportes disse...

tempo é relatio mesmo, Einstein que o diga....

Leandro Merlllin disse...

Hey, amigo!
Obrigado pelo comentário no Balada, obrigado mesmo!

E parabéns pelo texto, muito bem escrito! Me fez refletir extremamente sobre o tempo e me vi no personagem perdido no fluxo do tempo e nos pensamentos...

E ele casa em muitos aspectos com o texto da saudade, no Balada... Ah, e eu também fiquei interessado em incluir a música que você me recomendeu no texto! Ela realmente é bem reflexiva e condiz com o andar dos nossos textos.

Voltarei aqui sempre, okay?
Abração!
Leandro Merlllin
http://www.baladadocachorrolouco.blogspot.com

Isabele ♪ disse...

Eu sempre fui a favor das caminhasdas solitárias...


Ótimo blog!

Netinho disse...

Parabéns pelo texto cara! Você escreve muito bem mesmo.

Vi que vc postou la no meu blog, muito obrigado. Quanto a referência aos Engenheiros, pode ter certeza! É a banda que compõe a trilha sonora da minha vida, e espero que da sua também, haha

Muito bom o seu blog, Parabéns!

simple_chi! disse...

poxa, gostei do seu texto, muito bom!!
no Blog do Quadrado você manda seus textos para serem exibidos no blog e pode concorrer a premios! mande para: q.magico@yahoo.com.br

desculpa o merchandising, mas eu realmente gostei do seu texto!!

beijos!

Danilo Cruz disse...

bem legal o texto, muito bom, mesmo!!!

Bruno Moraes disse...

A momotonia do dia é tanta que sentimos falta de coisas simples qure a vida nos proporciona.

www.blogdorubinho.cjb.net

Junior disse...

"...entretanto uma boa companhia é capaz de enganar o tempo ou a nossa percepção acerca do mesmo."
eh assim mesmo. gostei do conto, intertessante, me fez pensar.

flw
-Jr

Karla Hack disse...

o mais intressante no texto foi a forma como ele torna o leitor na própria personagem, nos leva a refletir sobre os fatos através dos olhos dele..
Muito bom!

;D

bjus

Júlio Oliveira disse...

Escrita perfeita...

Muito bom seu texto.

Sucesso.

Lucas Soares disse...

Muitas vezes quando estamos "sozinhos" é que mais temos chance de refletir e aprender... considero muito importante!
=)

http://esperaemdeus.blogspot.com/

calango azedo disse...

*tedio* muito tedio

WiComédia disse...

legal o blog!!

---
VISITE:
www.wicomedia.blogspot.com

Nadando Com Tubarões disse...

o texto relata vc ne?
legal, mas a pura realidade é que nos mesmos que complicamos tudo.
Deixamos tomar por sentimentos fáceis.. por isso que é tão dificil de se libertar de coisas que atormenta e lutar por sonhos.
http://nadandocomtubaroes.spaceblog.com.br/

Pedro Junior disse...

Olá vc escreve mt bem e consegue prender a atenção do leitor. Parabéns

T+
Abraços

TransGreSSivaS disse...

e vc que escreve isso???
muito bom, junção texto>imagem!
voltarei mais vezes!
bjos!
apareçe no meu!
xD

http://transgressivas.blogspot.com/

Google disse...

interessantíssimo.
Realmente tempo é relativo.
Um abraço!

Calango disse...

Uma coisa interessante q eu estava vendo no seu blog...

ele não tem links...


ninguém pediu (impossível)
ou vc nega todos?


e tipo... se ngm tiver pedido sabe...

a gente pode trocar links?
Eu sei que meu blog não é lá essas coisas e que eu nem sei alinhar a bosta do template no centro...

mas pensa ai sobre a proposta ok?

Chimia Man disse...

Cara , escreve muito!

Parabéns!

Mörgånus De Sanctis disse...

Escreves muito bem!! Gostei da história que escrevestes. Está de parabéns pelo blog.

Abraços!

-------------
http://contosdearmond.blogspot.com/

Francisco Jamess disse...

tô rindo até agora do "mandando brasa nos escritos" (humor interno, ninguém vai entender).
curto demais seus comentários, cara. sério.
quanto ao seu texto, eu tbém sou um pedestre, dá pra pensar bastante enquanto caminhamos para casa. continue pensando. enquanto você conseguir "escrever o que pensa", faça-o. reflita bastante antes de escrever. uma "idéia escrita" sempre é algo bom de se ler, mesmo que só você a leia, para lembrar o que pensava.

até.

Francisco Jamess disse...

ah, e a continuação daqueles contos da ruiva e do bluesman é o texto "VERME". esteja a vontade para ver.

(sem propagandas nos comentários alheios. você sabe onde achar. rs)

valeu, velho. abraço.

O amor e etc. disse...

wow, eu realmente adorei seu texto , você escreve maravilhosamente bem e gostei do raciocinio quanto a relatividade do tempo, e realmente, o tempo passa de forma diferente em determinadas situações.

DuDu Magalhães disse...

Me vi nos olhos do personagem...

http://minhainspiracao.blogspot.com/

roas77 disse...

Adorei o texto, faz com que se reflita em vairas coisas .. o tempo que o diga.. rs

Abç.

Jhonatan disse...

Hum...

Usou muito bem as palavras. MAs eu acho que você não vai consegui muitos leitores, achei que o texto confunde muito a cabeça quando estamos lendo.

Tente escrever em uma linguagem mais "descolada".

animes-augusto disse...

muito bom texto , mais uma vez passei so pra parabeniza ...

http://animes-augusto.blogspot.com/

Jéssica Torres disse...

"Rememorou o quanto um minuto pareceu uma eternidade enquanto segurava uma panela escaldante, assim como uma eternidade denotou não durar mais que um minuto quando estava ao lado de uma garota adorável."

Adorei essa parte!
Adorei também a forma como escreve, mas se me permite fazer uma critica... tenta estruturar esteticamente o teu texto, mais espaço entre as linhas, dividi-lo em paragrafos, dar margens!
Verás que será muito melhor copreendido e por consequencia melhor apreciado!

Duff Download disse...

Parabens pelo texto!

Dan Souza disse...

Acho que todo mundo acaba se identificando um pouco com seu texto...
Eu me identifiquei com várias partes dele.
As vezes é bom andar sozinho, ficar pensando besteiras, contar os passos até chegar em casa ou imaginar a conversa que vamos ter com uma certa pessoa.
Mas também é maravilhoso quando andamos cheios de amigos em volta, falando besteira, rindo alto e chamando atenção de quem passa.
Tudo depende do momento, mas td tem seu lado bom(eita jeito Pollyana de ser...rs]!

Bjoo

Ah, o texto é lindo!=D

Carolinna disse...

Nossa parabéns amei o texto, essa flexíbilidade com que você escreve me encantou, parabéns mesmo !

Pretendo voltar mais aqui .. hehe ^^

Luucas, o escritor! disse...

Caraca, adorei seu texto. HIHIASEHUISE, essa imagem ai também é imagem de fundo do jogo The Riddle - The game.. Parabéns pelo blog :D


http://ouuseraquenao.blogspot.com

Euzer Lopes disse...

É interessante como temos assunto para conversar conosco, quando fazemos de nós nossa melhor companhia.
O tempo pára, o tempo voa, o mundo gira numa velocidade particular.
Projetos são montados, desmontados e remontados.
Canções são compostas e esquecidas.
Sorrisos surgem e somem, assim como angústias e preocupações.
Ainda assim, temos dentro de nós nosso melhor amigo.

Esconderijo disse...

Caminhando e entendendo o mundo, sou assim demais. Enquanto caminho, minha mente voa por aí. Gostei do texto.

Vlw>

http://escondidin.blogspot.com/

Hugo Bessa disse...

Bonito texto. Esse e outros que li por aqui.
Está de parabéns.
Abraço

patrick disse...

Exelente texto;e uma boa imagem concentradora ao conteudo



Link LoL

Bazófias e Discrepâncias de um certo diverso disse...

Bela abstração... já pensei muito enquanto caminhava pelas noites da minha cidade, por não ter automóvel... agora que tenho, o caminho não tem mais graça, minhas reflexões são bem mais insossas do que outrora.
abrazoz

Júlio Oliveira disse...

Cara que bela escrita...

Gostei do seu texto.

Sucesso.

Márcio Ribeiro disse...

A questão do tempo ser relativo, dele passar mais rápido ou não em determinados momentos, foi bem descrito neste texto, e com méritos!

abraço,
www.comideiaseideais.blogspot.com

Pedro Junior disse...

Já comentei lá encima. mas vale reforça que tu está de Parabéns. gostei da sua forma de brincar com as palavras...

T+
Abraços

Renata disse...

Quando caminho sozinha pela rua e vou conversando comigo mesma, sempre chego a questões e conclusões que talvez nunca viessem a mente! Um momento a sós é bom pra saúde da alma!


http://parei1minuto.blogspot.com/

route-06 disse...

É você quem escreve esses textos? Se for, parabéns, e se não for, parabéns também pois tem bom gosto.

Blog ta maneiro, continua assim ai.

Abraço.

Se quiser ir no meu: http://route-06.blogspot.com/

Biel, o Bardo disse...

vivemos de acordo com o tempo que nos é permitido escolher...
caminhadas solitárias têm a mesma duração temporal, porém não se pode contar as indas e vindas que os pensamentos fazem. Sou adepto de caminhadas assim... periodicamente tenho as minhas e é como seguir acompanhado de risos, lembranças, momentos, sons, trilhas sonoras...
claro, a companhia ameniza os pensamentos pois os fazem virar palavras. Ou então os mantém como olhares.

Google disse...

esse texto não me parece estranho!!!

Chimia Man disse...

Parabéns!

Charles Araújo disse...

Lindo texto que possui um clima cativante e sincero...
As emoções são pratos cheio para nós que escrevemos ;D
Parabéns

K∂riиє* disse...

A gente sempre se encontra nessas caminhadas que parecem ser sempre iguais e sem muitalogica,eh aonde encontramos paz para ouvir no silencio a nossa propria consciencia ...

beijoo

Gran Magic Carmesin: Nat Valarini disse...

Boa tarde!

Menino, que texto bacana, hein?

Acho que não só o tempo, mas tudo tornou-se relativo... depende do ponto de vista do expectador.

Parabéns pelo teu blog!


http://garotapendurada.blogspot.com/

Daniel Leite disse...

Excelente. E é, de fato, tudo verdade o que escreveu. Caminhar só é algo bastante ruim, ou seja, em que o tempo demora demasiada e estranhamente para passar. Quando estamos acompanhados, parece que tudo transcorre mais rapidamente. A caminhada e o momento em si.

Até mais!

Paulinho disse...

Gostei deste texto,
muito bom seu Blog..


http://pcsouzabv.blog.uol.com.br/

comenta ai no meu

AleDemolidor disse...

bom, nao eh mto meu gosto, mais eh bom...

Anelise disse...

Parabéns pelo texto (diga-se de passagem, super intelectual)e pelo blog.

Beeeeijo.
**~

Finim disse...

Se conseguir "remendar" idéias,ou extender as suas, poderá criar belas crônicas!
Parabéns...
Passe no meu!

Duff Download disse...

Post interessante,é o texto e muito bom!

http://duffdw.blogspot.com/

gaspar bezerra disse...

otimo blog

Hugo Grokskreutz disse...

ow brother
Muito bom teu blog..
Parabéns

www.blogdohugo.com

greatdj disse...

Quando ando sozinho sempre acabo pensando é inevitável. Acabo tendo uma conversa comigo mesmo e a coisa se torna mais ou menos o que você descreveu, tirando os post de luz e o fato de estar ouvindo música.

Nicolle Longobardi disse...

NooOoossa que lindo!Muito bom mesmo!Adorei.Aguardo sua visita.