segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Colóquio Vespertino


À tarde, em uma praça, dois amigos se reencontram após muito tempo.

Erasmo: Meu estimado amigo, há quanto tempo não o via
Arthur: Olá, bom companheiro, tenho dificuldades em exprimir minha alegria ao revê-lo
Erasmo: Pois, então, conte-me como vai a vida conjugal
Arthur: Esta se desfez assim que a ilusão se findou
Erasmo: Uma pena que a ilusão não seja perene, porque como disse Wilde: "No início enganamos a nós mesmos, em seguida, enganamos o outro: isso é o romance"
Arthur: Não seja tão duro, pois à medida que um romance chega ao fim, outro em breve terá seu início, porquanto há sempre alguém diferente de nós a nos fascinar com sua graça.
Erasmo: Você se equivoca, amigo, o deveras diferente tende a nos repelir .
Arthur: Pelo contrário, camarada, é notório que nosso maior fascínio é voltado àquilo que nos falta.
Erasmo: Outrora, não discordávamos tanto, a diferença não consegue viver muito tempo lado a lado com a sua antítese; assim como o fogo arrefece em contato com a água, as chamas do amor se apagam ante o efeito adverso causado pela simples emissão de ar da boca de quem a nós nem sequer se assemelha.
Arthur: Como posso ser completado por alguém idêntico a mim? Ansiamos por todas aquelas qualidades que nos são inalcançáveis.
Erasmo: Arthur, assim como quem é pequeno acaba por se sentir menor ainda se ao lado de alguém de grande estatura, a inteligência tem maior destaque ante a ignorância, portanto não existem metades que se completam.
Arthur: Você me confunde, Erasmo, deixe minhas convicções em paz, afinal tudo tende ao término e ao recomeço, as histórias são sempre iguais.
Erasmo: Suas idéias ainda não amadureceram plenamente quanto a este assunto, bom amigo, e frutos ainda não sazonados não são muito atrativos, e se os almejar retirar da árvore antes do amadurecimento, eles poderão ainda estar azedos.
As histórias são sempre as mesmas, você afirma; os personagens, contudo, mudam, logo elas podem ser no máximo parecidas, pois são estes que lhes dão valor.
Arthur: Fascinantes as suas teorias, prezado Erasmo, porém tenho de me retirar, espero que em breve nos encontremos novamente.
Erasmo: Felicidades, estimado companheiro.

41 comentários:

outroblogdamary.com disse...

Dizem que os opostos só se atraem na física...

Na vida, acredito que os opostos podem conviver, e bem, contanto que haja amor, respeito e carinho, sempre.

Mas é claro que as coisas são mais fáceis entre pessoas com mais afinidades.

beijos

Lucas disse...

Por obsequio, permita-me fazer um breve comentario, estimo a cada visita mais esse blog, sendo o mesmo imprescindivel p leitura de qualquer individuo que admire uma boa leitura. xD
Flws!

rohit disse...

muito linda
blog
www.reddencyclopedia.blogspot.com

hdebarbamalfeita disse...

Que bela discussão, cada um defendendo seu ponto vista.
Mas acredito que o ideal são pessoas de personalidades opostas. Se ambos forem demasiados parecidos, acaba um enjoando do outro.

Abel disse...

Abrir-se para o diferente é um encontro desconhecido, ainda que já saibamos o final, pois o processo sempre pode mudar.

Achei ambos sábios. Afinal, toda resistência tem função e cada um tem uma história, na qual achar e perder não são fins em si, mas parte de um todo.

Abçs,
Abel

Lidiane disse...

muito bom o post, parabens

Pague da melhor forma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maurício Fujii Kaihami disse...

Não acredito em semlhante e oposto. Acredito que somos todos diferentes!!

Major Luigi Greaser disse...

Tá muito bem construido o texto!!!

ligiaferraz disse...

eu sempre acredito no equilíbrio. acho que nunca me aproximaria de alguém completamente diferente de mim, mas não suportaria viver com alguém que não tem nada de novo para me oferecer.
legal o texto, gostei!

Rodrigo Yoshizumi disse...

hahah

nesse caso, eu diria: um tanto intelecto, caro amigo, mas ainda assim, bonito!

(gostei p/ caramba do título!)

abraço!

Ms. Molly Bloom disse...

hum...bom artigo...made me think.

Jonas Migotto disse...

ótimo
muito bem construido
parabens pelo blog

Nigel Goodman disse...

Liberdade e igualdade é saber apreciar as diferênças e respeitá-las

Janes William disse...

Ola, Michel! Posto aqui atendendo ao seu convite no orkut.
Acho que esse Artur é uma pessoa meio sem pespectivas de longo prazo, um cara que vive só os momentos, que se deixa levar muito pelos sentimentos e, de certa forma, acha que a vida é uma brincadeira. A vida deve ser sim divertida e prazerosa, mas não eh brincadeira.
Na postagem de 14/12/08 do meu blog (http://MinhaSorteNoOrkut.blogspot.com), fiz uma pequena comparação entre promessa e compromisso, palavras etimologicamente semelhantes, mas com significados bem diferentes.
Fique na Paz, e parabéns por este blog!
J.W.

Diego disse...

muito bom...

os opostos com certeza se atraem.

TheoMoura disse...

Nossa muito bom hein.. pq existem tantas pessoas lendo o bastando do Paulo C.
Enquanto vc nós dá o prazer desta magnifica leitura ?
[perguntar não ofende]

Mr. HaG disse...

"Arthur: Como posso ser completado por alguém idêntico a mim? Ansiamos por todas aquelas qualidades que nos são inalcançáveis."

Isso já resume tudo!

Você só é completado se algo mais aparecer para te completar, caso contrário não teria sentido!

Comenta lá no meu, que depois eu volto pra retribuir!

http://diegohag.blogspot.com

Nataly Callai. disse...

"...porquanto há sempre alguém diferente de nós a nos fascinar com sua graça". deve ter muita sorte quem acha graça em tanta gente.

tu escolheu um tema frutifero, e o texto ficou bom. gosto de "filosofia" em diálogo.

Leandro Bastos disse...

para saber o que és diferente terás que saber o que é igual primeiro.

PCN disse...

Curti esse texto, mostra um bom questionamento...
Eu namoro, no meu caso minha parceira é bem diferente de mim. Somos diferentes, nos completamos assim!

Luciana disse...

Concordo com o primeiro comentário...Na vida real, procuramos pessoas com as mesmas visões e idéias que as nossas...Se formos totalmente opostos a nossos companheiros, qual será a graça de ficarmos ao lado de uma pessoa que não tem os mesmos interesses, objetivos e ainda discorda de nossas idéias durante toda a vida?...
Mas o texto está ótimo, parabéns.

abs

Claudemir disse...

Bom acredito que sempre é bom termos outras opiniões e visóes diferentes, creio que isso aumenta nosso conhecimento e nossa cultura.
Minha primeira passagem por esse intelecto blog. Parabéns.

picnicterraqueo disse...

:D

Luccannus - Jesum Christum est semper! disse...

Que bonito texto!
.
Com afinidades, creio eu, vamos melhor do que sem ela.
.
.
Grande abraço. Fique com Deus, na Paz.
______

http://horateologica.blogspot.com/

Marcio Santos disse...

E a velha histria dos opostos!!



Se puder passa no meu:

http://paginadacomedia.blogspot.com/
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=12746242

Uma boa tarde!

Philipe disse...

Parabens pelo blog realmente muito bom adorei o post.

Att

André disse...

adorei o blog. parabens!

Rafael Iglesias disse...

Só achei o título meio estranho, não é muito 'atraente', mas o resto é ótimo

Tia Paula disse...

Afinidade facilita, mas não fascina muito.
Fascínio é bom, mas sempre dificulta as coisas.
Então, é preciso escolher o que é menos pior, o tédio ou matar um leão por dia.
Ou, ainda, não pagar para ver e ficar aspirando o que poderia ter sido.

[ http://pauleeeira.blogspot.com ]
Abraços!!!

amandaedalete disse...

Nossa! Muito bom...
Porém a contradições, eu acredito que os opostos se atraem, porem que somos todos diferentes...

vitor marques da silva disse...

xd
muito bem elaborado
xd

Tђαммy disse...

Uau, que diálogo mais eufórico para amigos que ha muito não se viam.
;)

Cerveja disse...

muto bom o blog


http://beerevolutionss.blogspot.com/

Ana Gabi disse...

Texto lindo, mas é sempre muito complicado falar de relacionamento, de amor...
Por mais que a gente tente compreender essas coisas, não conseguimos expressar em palavras, né?
E os pontos de vista são diferentes também e variam muitas vezes de acordo com a experiencia de vida da pessoa... Talvez seja isso que tenha feitos os dois term idéias diferentes.

;)

Fabio Thiago disse...

muito bom o post, de verdade!
abraço

Guilherme Santos disse...

legal o texto
as teorias sao bem legais
hehehe
alguns palavras dificeis, mas deu ao texto um ar mais intelectual

abraços

Bяυћ ♥ disse...

parabens pelo blog


dê uma passadinha no meu blog
http://worldofgirls278.blogspot.com/

BjsMill :*

Guilherme Bandeira disse...

Muito maneiro seu blog..voltarei sempre or aqui...

www.olhaquemaneiro.com.br

Wellington disse...

Curti seu último post! Segunda vez q passo aqui! Vc está add ao fórum do meu blog! =)

http://br.geocities.com/neowellblog/

Dário Souza disse...

A amizade deles tao adiversa em pensamentos conseguiu sobreviver pq o amor nao ??