sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Crer por conveniência


É comum e interessante o fato de cada indivíduo ter as suas crenças, estas que são adquiridas ao longo da vida normalmente mediante o pensamento e as experiências; contudo, outras só têm por base um suposto benefício próprio, para exemplificar, outrora, o desconhecido era atemorizante, e ainda o é, logo se atribuiu aos deuses a responsabilidade pelos fenômenos da natureza para contentamento da grande maioria, pois estes passaram a acreditar em tal fato não por uma questão de lógica, porém por conveniência, porque daquele instante em diante tinham algumas preocupações a menos para lhes tirar o sono.
Assim como oráculos eram consultados na antiguidade, cartomantes o são hoje em dia, e é notório que quanto melhor for a previsão para nosso futuro dada por estas, maior será nossa crença em tais informações. Do mesmo modo, muitos crêem que mal de muitos consolo é, pois tal afirmação faz com que se sintam mais leves, além da enorme conveniência presente em tal crença: poder continuar cometendo os mesmos erros, porquanto muitos também os cometem.

Portanto, é preferível acreditar em uma ilusão do que ficar sem respostas? Crer no que nos convém é bom até certo ponto, até que nos sintamos culpados e tenhamos de pagar por crimes que só recebem tal título na legislação de outrem. 

*Após a publicação deste texto, me deparei com um interessante trecho de Bertrand Russell em sua obra Ensaios Céticos,  no qual o autor se refere às crenças dos mais primitivos selvagens, que julguei ser um ótimo adendo para o presente escrito: "Crêem que quando um homem é assassinado, seu sangue ou sua alma persegue o assassino até ele se vingar, porém pode ser enganado por um simples disfarce como uma pintura vermelha no rosto ou pondo luto. A primeira parte desta crença originou-se, sem dúvida entre aqueles que temiam o assassinato, e a segunda, entre os que o haviam cometido.".

44 comentários:

Natália disse...

Muito interessante!
bjs

Jeffisu disse...

cara, o mundo eh ALIENADO..
(sim, e uso alienado da forma correta)

as pessoas criam expectativas, deuses, seres superiores e o colocam acima de tudo, talvez, para conforto proprio e se livrar de pensamentos e coisas que venham aterrorizar sua mente.

sei lah, o ser humano acredita em qqr coisa que esconda a verdade, quando essa num lhe causa agrado!

desculpa as minhas palavras sem sentindo... mas eh o que entendi! =/

http://www.cupuladosleprosos.blogspot.com/

Rafael Iglesias disse...

Mitos, verdades, conforto, libertade...

Elvis disse...

É,é muito interessante mesmo.
muito legal.

goldeplacaec disse...

po
bastante interessante o post
vlw abraços
http://goldeplacaec.blogspot.com/

Ellen Regina - facetasdemim disse...

putz!
parece até q fui eu q escrevi o texto, srsrsrs

Nayara Carpalhoso disse...

Alienação jamais...
Fé sim, por erro, por egoísmo, por culpa...
Seja qual for o motivo, crer em algo superior é oq nos permite acreditar q nenhum sofrimento é em vão.

Jaquielio disse...

Texto muito bom.O importante é cada um crer na sua própria verdade e não ser influenciado por terceiros.

Marcio Santos disse...

interessante...

muita curiosidade...
mas o mundo e cheia delas!!



Se puder passa no meu blog:

http://paginadacomedia.blogspot.com/
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=12746242

Uma boa tarde!

meublog disse...

interessante vlw

vitor marques da silva disse...

xd
outro dia passei por aqui
e non sei sé é por coinciência
mais na epoca que eu tinha meu blog o pagina brasil, existia um blog com este mesmo nome.
era seu?

Pr. Cláudio Moreira disse...

É preferível crer numa ilusão a ficar sem respostas?

Bem, primeiramente seria interessante saber quem é a autoridade que diz que esta ou aquela crença é ilusória. Qual é o seu critério? Quem você elege?

A ciência? Perdão, mas para crer em alguns pressupostos absurdos da ciência moderna, também é preciso um bocado de fé. É o que chamo de "fundamentalismo sem religião".

Muitas pessoas creem da forma como você diz, mas outras tantas tem suas crenças firmadas em fundamentos sólidos, em convicções claras. E isto não é conveniência, é uma fé genuína e verdadeira.

Jovens Tolos... disse...

É, o pessoal acham que se esconder por trás de deuses e seres superiores que eles mesmos criam, vai trazer uma segurança real.

Diógenes Daniel disse...

o mundo é confuso...

Flá Romani... disse...

Eu acredito em Deus

Marcio Santos disse...

Legal cara!
ja havia passado aqui antes!

atualize sempre ok?
t+

Tiago disse...

às vezes é preciso crer em algo superior, uma energia maior, para continuarmos em nossas batalhas.

abraço
www.mundoglam.com.br

André disse...

voce tem muito a ver com o meu pensamente. vai la no meu blog.fugir da verdade e nada mais.

www.puteirodoandre.blogspot.com

Lidiane disse...

Esse teu texto me relembrou velhas reflexões... Há muito tempo venho pensando nisso, em como o ser humano precisa de inventar crenças para se agarrar como certezas absolutas.
Se pensarmos bem, com Deus é a mesma coisa... não seria mais uma invenção humana pra amenizar sofrimentos?
Interessantíssimo assunto. Parabéns pelo blog!
Beijos


http://crazylidi.zip.net

Jana Cambuí disse...

Concordo até certo ponto com o que você escreveu. Eu particularmente acho válido o ser humano se apegar a algo mágico e superior a ele. Ainda não sou resolvida quanto a essa questão: intimamente, necessito de algo ao qual me apoiar quando preciso; racionalmente, reflito que Deus é invenção do homem, e que nunca poderá ser provada Sua existência. é um assunto complicado, dá pano pra manga e é impossível de ser discutido em poucas linhas.

Jader Araújo dos Santos disse...

Muito bacana e interressante seu blog!

Continue assim!

Ivan disse...

eh o principio do ateismo

já leu Dawkins? se nao leu, vale a pena dar uma conferida.

;)

Juka disse...

é assim q o mundo é, nesses tempos. completamente alienado, sendo influenciado, é mais convicente acreditar nos q os outros dizem so q dizer a sua versão da verdade.

grupo gauche disse...

não concordo com alguns aspectos, mas de qualquer forma o texto é bastante interessante! faz tempo não passava por aqui, confesso que sentia falta! um abraço

Wander Veroni disse...

As crenças são importantes pq elas nos dá respostas ao que é inexplicável.

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Claudemir disse...

Concordo, pois acho que sua crença deverá responder e tirar suas dúvidas a respeito dascoisas que a lógica e a ciência não responde, independente de qual seja sua crença, e não servir de instrumento pra se acomodar.

Edgar Rossi disse...

As pessoas criam expectavivas, ou melhor, algo para se acreditar e tirar de si pensamentos que possam levá-las a loucura.
É muito mais facíl uma pessoa ter algo a crer, em um inicio de tudo, do que ficar se perguntando a cada momento porque isso, porque daquilo.
Isso pode levar a loucura.

HaveDown - Downloads - Free

Dário Souza disse...

Pow muito legal o texto,vc é ateu ??

Esquilo disse...

Nunca se deixe influenciar!

Aline Dias disse...

sei lá.
legislação é convenção.
crença é outra coisa.

caixadevinis disse...

Nem todo crime tem castigo.
Mais um mistério para que um deus especifique.

Damn

Dário Souza disse...

Ja comentei em tudo...

leo disse...

parabens cara, me prendeu no blog, muito bom.

Jééh disse...

Creio no que me convem

Sabrina Andrade disse...

Acho que eu não creio em mais nada hoje dia.
Talvez só em mim mesma ..

Bruninho disse...

Mensagem interessante

visite -> http://xisde-xd.blogspot.com/

Luccannus - Jesum Christum est semper! disse...

Seus textos sempre me surpreendendo =)...
.
De fato - e isto digo com profunda tristeza - há, e sempre houve, uma cultura da ignorância, da crença burra e cega, do culto à ignorância e do cultivo de superstições ridículas - tudo isto amparado por um firme acreditar numa lei de menor esforço inexistente.
Creio eu que isto aconteça pelo fato de que as pessoas não querem sair de suas comodidades e futilidades, preferindo, então, aderir às coisas que citei e outras tantas, a fim de consolarem-se com a mentira, e adiarem o futuro glorioso que espera-os, caso cumpram aquele eterno e universal mandamento: "Amai a Deus acima de tudo e em todas as coisas, e ao próximo como a ti mesmo".
.
Sobre as cartomantes: 1 em cada 300 talvez tenha algum tipo de mediunidade, segundo minha crença. No entanto, pena que se utilizam de um recurso Divino para fins tão odiosos.
Médiuns sérios, verdadeiros trabalhadores de Deus, não cobram, apenas fazem o bem, sem olhar a quem.
.
É bem mais fácil crer cegamente do que crer racionalmente, afinal, é cômodo, dispensa esforços que podem ser aproveitados noutro fim - quase sempre menos digno -, e, por fim, trazem-lhes a segurança de não confrontar tradições - pois abraçam a crença por mera tradição -, e não confrontar um possível erro de suas crenças - o que, para tais pessoas, sempre frouxas na crença, e mais ainda na Fé, qualquer erro de suas religiões é o bastante para desanimá-las e desgastá-las.
.
.
Bem, fico por aqui, pois senão escrevo um livro.
.
.
.
Grande abraço. Fique com Deus, na Paz.
_________

http://horateologica.blogspot.com/

Rodrigo Yoshizumi disse...

humm... eu diria que a ilusão é preferivel dependendo da pessoa...

uma resposta boa é algo relativo! então, ficou realmente difícil p/ eu fazer um comentário que defenda um ponto de vista só! >.<

hahah!

abraço!

Gerlaine disse...

Devemos é acreditar em nossas proprias verdades, como já diz Clarice Lispector "quero uma verdade inventada"

jcdigital disse...

fiquei sem palavras ao ler o texto, muito bom.
Acho que minha cabeça tá rodando ainda.

;)

Meg disse...

Interessante...li seu texto e foi como se alguém estivesse me dizendo algo que eu precisava ouvir...adorei...nada é mesmo por acaso.

abs!

Sabrina Andrade disse...

Acreditar em algo, vamos dizer, acreditar em Deus é meio que necessario para as pessoas, é meio que uma necessidade ter em que se apoiar, ter em que recorrer em certas horas..

Uma coisa é crer. Outra é a religião, no dia que um cara esperto resolveu "pregar uma peça" em um idiota, foi nesse dia que surgiu a primeira religião.

goth.wood disse...

toda crença é válida e funciona na vida real diga isso quem entende um pouco das leis da mente.

OBS: te encontrei no orkut

http://exoticlic.blogspot.com/

Miriã Soares disse...

Acredito em Deus,mas raciocino. Não acredito em tudo que andam dizendo...
Crer eh também pensar!!!